Egon Schiele: a arte vienense

Não poderia deixar de dedicar um post para esse artista que tanto me inspira: Egon Schiele. Polêmico, excêntrico e um artista nato. Suas obras refletem a vida  e o pensamento da cidade de Viena no século 19.

Egon Schiele nasceu em 12 de junho de 1890. A educação institucional sempre considera os grandes artistas como “alunos fracos” e isso também ocorreu com Schiele. Se refugiava nos seus desenhos, os quais foram queimados pelo pai enraivecido. Sua infância foi conturbada devido a doença do pai, sífilis. A família passou por grandes problemas financeiros após o pai de Schiele, em um ataque insano, ter incendiado os estoques de caminho-de-ferro que era o ganha pão da família. Foi cuidado pelo tio, Leopold Czihaczek, e assim foi crescendo.

O pintor Karl Ludwig Strauch foi um dos grandes responsáveis por instruir o jovem Schiele no desenho, assim como o artista Max Kahrer. Em 1906, com 16 anos, Schiele foi aprovado para entrar na Acadêmia de Belas Artes de Viena. E em 1907 conhece o grandioso Gustav Klimt, que se tornou um pai para o jovem artista. Klimt apoiou Schiele em toda a sua carreira, trocavam desenhos, Klimt emprestava modelos a Schiele etc.

Schiele, com a ajuda desses mestres, foi adquirindo o próprio estilo peculiar. Seus modelos são encontrados nas ruas de Viena: jovens moças do proletariado e prostitutas. Suas preferências são as mulheres-crianças do tipo andrógino.   Vale ressaltar que o número de prostitutas em Viena no final do século 19 era o mais elevado per capita de todas as cidades da Europa.

O erotismo e nudismo em Schiele são características marcantes na obra dele. Assim como os corpos magros e finos, criaturas quase fantasmagóricas. O traço é incerto, flexível, estrutura óssea à mostra, as cores pastéis com o avermelhado das extremidades, tudo isso é Schiele.

A história de Schiele é intensa, embora tenha falecido quando ainda era bem jovem, aos 28 anos de idade após contrair gripe espanhola. Morre 3 dias depois do falecimento da sua esposa  Edith, sua musa em muitas de suas obras.

Suas obras me fascinam. Entender o pensamento da época (Freud com suas descobertas psicanalíticas), entender a infância problemática, entender o artista como ser é compreender sua obra, suas inspirações. A seguir minhas obras preferidas desse artista emblemático:

seated-girl-facing-front-1911.jpg!Blog

Seated Girl Facing Front, 1911

maxresdefault

The Girl, 1918

1ca41fd309bfb90b8e5961fb3400310e

Sunflower

portrait-of-the-artist-s-wife-1917.jpg!Blog

Portrair of the Artist’s Wife, 1916

Egon_Schiele_016.jpg

Enlace, 1917

 

four-trees-1917.jpg!Blog

Four Trees, 1917

house-with-drying-laundry-1917.jpg!Blog

House with Drying Laudry, 1917

Para conhecer mais:

Site oficial

Wikiart

Filme sobre ele

Pequeno comentário sobre suas obras

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s